Política

Política

Arcos de Valdevez: oposição acusa PSD de “deselegância” e de usar “publicidade institucional proibida”

A sessão ordinária da Assembleia Municipal (AM) de Arcos de Valdevez realizada no passado dia 15 de setembro, em período de pré-campanha eleitoral, sentiu o combate autárquico do início ao fim. Uma moção apresentada pela CDU, com base numa deliberação da Comissão Nacional de Eleições (CNE), após denúncia da coligação, acabou refutada pela Mesa, e não foi colocada à votação.

Campanha de proximidade nos Arcos para captar eleitorado pelas diferenças

A campanha autárquica, entre comícios, arruadas e ações em mercados e feiras, está a destapar algumas diferenças entre as forças políticas concorrentes às eleições do próximo dia 1 de outubro.

O PSD tem “picado” o PS, o CDS e a CDU por causa do reduzido número de candidaturas que estas forças estão a protagonizar às assembleias de freguesia, mas a oposição vê no ataque uma prova de fraqueza da maioria por esta não querer suscitar o debate de ideias sobre o futuro de Arcos de Valdevez.

“Do Povo, pelo Povo, para o Povo” é o slogan da candidatura de Joca pelo MPT

Com o slogan “Do Povo, pelo Povo, para o Povo”, Luís Jorge Videira lidera a lista independente, apoiada pelo Partido da Terra (MPT), à Assembleia Municipal de Viana do Castelo.

Balanços e despedidas dominaram sessão que encerrou mandato da Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez

A sessão da Assembleia Municipal (AM) de Arcos de Valdevez do passado dia 15 de setembro, a última do mandato prestes a terminar, como é da praxe, assinalou a despedida de alguns deputados e serviu para uma retrospetiva quer da governação da Câmara Municipal quer do funcionamento da AM.

CDU-Arcos de Valdevez reclama “voto útil” para “resolver problemas de todos os arcuenses”

“No próximo dia 1 de outubro, é, absolutamente, urgente dar mais voz à CDU para termos mais gente e mais tempo para defendermos todos os arcuenses e todo o concelho”. Foi esta a mensagem que a coligação difundiu, no passado dia 22 de setembro, na apresentação dos candidatos aos órgãos autárquicos locais.

24 anos à frente da Freguesia de Podame (Monção) e militante do PSD «apoia o Eng. Augusto Domingues (PS) para ganhar a Câmara Municipal»

Declaração

João Carlos Caldas foi presidente de Junta de Freguesia de Podame, sempre eleito pelo PSD. Por limitação de mandatos deixou de o ser, tendo-se dedicado à Associação Social e Cultural São Cosme e Damião de Podame da qual é presidente.

Há dias foi inaugurada a segunda fase do Lar de Idosos naquela freguesia, pertencente à Associação. O Minho Digital foi entrevistá-lo. Falou-nos do seu «sonho», mas também «das obras paradas porque não tivemos o apoio do PSD». Confessou-nos a ruptura com António Barbosa, cabeça de lista social- democrata à CM, pois preferia que o «candidato do seu Partido fosse o Dr. Armando Fontainhas», pelo que «quero que o próximo presidente da Câmara Municipal seja o Eng. Augusto Domingues».

Bloco de Esquerda promete nova política de Estacionamento e Mobilidade

Durante os últimos quinze anos a Autarquia investiu cinquenta milhões de euros no centro histórico da cidade, promovendo a reabilitação do espaço público e concedendo benesses a muitos privados que investiram na aquisição e reabilitação de edifícios, não para fomentarem a fixação de novos residentes mas para especulação imobiliária.

Hermenegildo Costa anúncia Manuais Gratuitos para todos os alunos do 2º ciclo

A candidatura de Hermenegildo Costa, à presidência da Câmara Municipal de Viana do Castelo, vai privilegiar nos últimos dias de campanha, o contacto com a população quer nas freguesias quer na cidade. Hoje (3ªfeira), à margem da visita que o levou a Castelo de Neiva e à Amorosa, Hermenegildo Costa anunciou a atribuição gratuita dos manuais escolares aos alunos do segundo ciclo de Viana do Castelo. Caso vença as eleições de 1 de Outubro, cerca de duas mil crianças serão abrangidas pela medida.

Candidatos peraltas. Ou, peraltas candidatos?

António Fernandes

António Fernandes

Chefe de Serviços em Multinacional de Telecomunicações

Até parece um pleonasmo mas não é.

Poder Local Democrático | Rede Viária Rural

Diamantino Bártolo

Diamantino Bártolo

Escritor

De entre os muitos melhoramentos públicos que se podem (e devem) efetuar nas freguesias (bairros e favelas – Brasil), uma boa rede viária rural constitui, certamente, um benefício inestimável, que serve vários objetivos, desde a circulação normal, como também o acesso às residências, às instituições, à floresta, aos campos, junqueiras e rios.

Páginas

Subscreva RSS - Política