Política

Política

REGALIAS DOS PARTIDOS POLÍTICOS

Jorge Melo

Jorge V.E.R. de Melo

Consultor de Comunicação

Mais uma vez os nossos partidos políticos “meteram a pata na poça” na elaboração do projeto para a Lei Orgânica 708.

Diz um dos responsáveis pela aprovação do novo Diploma, Costa Andrade, que esta nova Lei do financiamento dos partidos dá resposta às preocupações do Tribunal Constitucional.

Esquecendo que ainda estamos em recuperação de uma crise económica gravíssima, os nossos partidos políticos, como é hábito nesta época do ano, propõem acrescentar novas regalias às que já vêm desfrutando.

Em plena crise, os nossos políticos, pouco ou nada abdicaram durante os últimos anos. Com a melhoria dos seus vencimentos e das suas mordomias, esqueceram que a classe média se aproximava cada vez mais da pobreza e o país da miséria.

João Carlos Simões e Pedro Marinho disputam liderança do PS-Arcos

As eleições do PS à Comissão Política de Arcos de Valdevez, que decorrem no próximo dia 19 de janeiro, vão ser disputadas por João Carlos Simões e Pedro Marinho, concorrentes ao lugar que Dora Brandão, em fim de mandato, deixa “vago” na Concelhia do Partido Socialista.

Munícipes de Caminha que «alertem situações graves de interesse público são obrigados a pagar 3 euros» na Câmara Municipal!

«Chegou ao conhecimento do Partido Social Democrata de que existem orientações para que os munícipes que informem os serviços de situações de ordem pública e da responsabilidade do município são obrigados a fazê-lo por escrito e ainda lhes é cobrado um valor de 3. 04 euros», alerta a Comissão Política Concelhia do PSD de Caminha.

PS-Arcos convida governante para debater “diáspora portuguesa”

O Partido Socialista de Arcos de Valdevez dinamiza, no próximo sábado, 6 de janeiro (pelas 17.00), um fórum acerca da “diáspora portuguesa”. O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas e dirigente nacional do PS, José Luís Carneiro, é o convidado de honra.

Serviços mudam de instalações na Câmara Municipal de Monção

Os serviços de ação social, cultura, turismo e educação, até agora em funcionamento nos antigos Paços do Concelho, no Largo de Camões, mudaram de instalações, encontrando-se abertos ao público na “antiga casa do Drº Pinho”, entrada lateral pela Rua Sá da Bandeira (na foto), com o seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

BICADAS DO MEU APARO: O devorismo do poder!

Logotipo Bicadas do meu Aparo

Artur Soares perfil

Artur Soares

Escritor d' Aldeia

Os hospitais estão cheios de doentes e, os manicómios, com alguns apenas. Há doentes cuja medicação ainda é preciso descobrir e, há loucos que as autoridades e o país escondem e outros desconhecem-nos. Quanto aos loucos encapuzados, retirem-se dos manicómios os oficializados e coloquem-se lá aqueles. Onde se encontram? Na rua ou no poder.

A Europa Intercultural (1)

António Fernandes

António Fernandes

Chefe de Serviços de Multinacional de Telecomunicações

A Europa, enquanto espaço geográfico aonde interagem múltiplas culturas: locais; regionais e nacionais; num todo Continental, é o resultado de vicissitudes nos ajustamentos necessários aos tempos, no tempo em que as mudanças ocorrem, aos processos de evolução social correntes dentro dos parâmetros culturais locais e, decorrentes da interação internacional inclusiva das múltiplas culturas que se cruzam, encontram e, disseminam, em permanente mudança de que a História dá conta.

Homenageados os primeiros militantes socialistas de Arcos de Valdevez

No jantar de Natal que o PS-Arcos promoveu no passado dia 7 de dezembro foram homenageados os fundadores (alguns a título póstumo) da Secção Socialista de Arcos de Valdevez, nomeadamente Horácio Araújo (falecido), Manuel Lima Rodrigues, Abel Dantas de Barros (falecido), José Loureiro Vieira (falecido), Luís Alberto Barros Amorim, Manuel Sá Rodrigues (“Manecas”), Alfredo Pires (falecido), José Carlos Amorim Amaral, António Maria Amorim Amaral e Adriano Amorim Dias (falecido).

Sistelo com voto de congratulação na Assembleia da República apresentado por Emília Cerqueira

Foi aprovado por unanimidade na Assembleia da República um voto de congratulação, apresentado pela Deputada Emília Cerqueira e um grupo de deputados do PSD, pela classificação, no início deste mês de Dezembro, de Sistelo, como Monumento Nacional e Paisagem Cultural.

EGOCENTRISMO POLÍTICO

Jorge Melo

Jorge V.E.R. de Melo

Consultor de Comunicação

Começamos a pensar que esta geração do século XXI está, na generalidade, apanhada por esta doença.

Ser um pouco egocêntrico, é normal, faz parte do posicionamento equilibrado do Ser Humano, mas ter uma postura permanente passa a chamar-se doença, entra na classificação das anomalias que necessitam de tratamento.

A experiência de vida diz-nos que na luta da sobrevivência somos empurrados, em muitas ocasiões, para situações que nos obrigam a proceder dessa forma. É aqui que o Homem tem obrigação de apelar aos seus princípios humanos e tentar evitar essa atitude.

Páginas

Subscreva RSS - Política