Venda de garagem pioneira em Ponte da Barca

Evento pretende ser um espaço de convívio.

Nos dias 16 e 17 de dezembro será feita a primeira venda de garagem em Ponte da Barca. O Largo da Misericórdia receberá a todos aqueles que queiram participar neste evento que, a semelhança da Feira da Ladra em Lisboa, terá uma série de espaços nos quais estarão à venda artigos antigos -e não só- que muitas vezes se têm em casa sem saber o que lhes fazer.

A organizadora do evento, Vera Viana, afirma que pretende fazê-lo para dinamizar a vila: “existem eventos de verão, mas não existem eventos de inverno e faz todo o sentido agora que estamos próximos do Natal fazer uma venda de garagem. Um conceito que acontece muito lá fora, aberta a todos aqueles que queiram participar, mas sobre tudo, a particulares que têm em casa imensas coisas que não sabem o que fazer delas”. Com esta iniciativa a organizadora pretende criar um espaço de convívio e assim dinamizar Ponte da Barca.

Este evento será a extensão daquilo que a Vera tem na sua loja. Um espaço vintage, uma espécie de museu no qual podemos encontrar a junção entre o antigo e o moderno, num espaço que nos faz relembrar a nossa infância quando nos deparamos com objetos como os tão recordados discos de vinil, o telefone de discos, e outros tantos objetos que nos fazem viajar no tempo. Tudo isto inserido num conceito de restauração, confeitaria e loja artesanal que leva por nome 'Vai à Fava'.

Garagem de Ponte da Barca

Garagem de Ponte da Barca

'Vai à Fava', restaurante e loja foi aberto no verão de 2014 e desde então “tem sido um sucesso”, afirma a sua proprietária quem não tem medo de levar avante as suas ideias de modernidade num ambiente onde, por vezes, tudo aquilo que seja diferente não é visto com bons olhos. Mas Vera Viana não tem receio de implementar estas ideias e conceitos modernos numa vila como Ponte da Barca. “Tudo aquilo que fiz e faço na vida sempre foi um bocadinho mais além, um bocado mais à frente”, afirma.

Garagem de Ponte da Barca

Garagem de Ponte da Barca

Era assim…

Este é o nome escolhido para esta loja/ museu vintage que servirá de ponto de partida para a venda de garagem que "se espera seja a primeira de muitas". Cada uma delas organizada para dar as boas vindas à mudança de estação e assim realizar quatro por ano. Sempre com o mesmo ambiente de convívio e partilha. 

Vera Viana acha importante que sejam os particulares a encontrar maneiras de dinamizar a zona onde moram: “não estarmos sempre à espera que sejam as instituições que façam ou criem tudo por nós. Acho que cabe a cada um ter este espírito empreendedor. Ponte da Barca é uma vila fantástica e tem tudo o necessário para ser uma referência. Cabe-nos a nós, barquenses e empresários, não ter medo. Acreditar e fazer”. A empresária vê com tristeza o facto de que os estabelecimentos de restauração e de vestuário - entre outros tantos negócios - tivessem parado no tempo. E por isso aposta na criação de conceitos e espaços que ofereçam à Barca um ar de modernidade e seja o chamariz para que muitos mais queiram criar e investir.

Garagem de Ponte da Barca

Garagem de Ponte da Barca

A loja  'Era assim'  está aberta ao público não só para receber objetos que já não lhes faça falta, mas também para levar os mais novos lá de casa para que possam estar em contacto com um mundo que desconhecem e que foi muito diferente ao mundo digital e tecnológico que temos hoje.

As ideias são muitas e Vera Viana gostaria de as pôr em prática. “Para obrigar as pessoas a virem cá, a nossa terra. Precisamos de criar algo nosso, algo que só fosse da Barca e que as pessoas viessem cá comprar. Que fosse diferente”.

A Venda de Garagem, evento pioneiro em Ponte da Barca está inserido na Agenda Cultural do mês de dezembro e conta com o apoio da Câmara Municipal. Todos aqueles que desejem participar basta contactar o Facebook oficial da loja: http://www.facebook.com/Eraassimlojavintage e fazer ali a sua inscrição.