UNIMINHO propõe II edição de Caminhadas Transfronteiriças

Com a proximidade das duas estações mais solarengas, a UNIMINHO – Associação de Municípios do Vale do Minho Transfronteiriço propõe a dinamização de cinco trilhos pedestres entre os municípios de fronteira da raia minhota. O território Cerveira-Tomiño abre, este domingo, a segunda edição das Caminhadas Transfronteiriças que se prolongam até setembro. Passaporte do Ecoturista Rio Minho e APP ECOTUR Rio Minho são as novidades introduzidas nesta edição.

Depois do sucesso das Caminhadas Transfronteiriças e das Experiências Ecotur em 2015, a UNIMINHO avança com mais um conjunto de percursos pedestres de descoberta e aventura de territórios que comungam o rio Minho. Algumas centenas de pessoas oriundas do Norte de Portugal e da Galiza já participaram nestas iniciativas, revelando um enorme interesse em explorar estas sugestões ricas em natureza, história, património e gastronomia.

A caminhada Cerveira-Tomiño é, este domingo, 06 de março, a primeira de cinco que se realizarão entre março e setembro (com exceção dos meses de julho e agosto). Trata-se de um percurso de âmbito ecológico-paisagístico ao longo de 12kms, pelas freguesias de Lovelhe, Vila Nova de Cerveira e Concello de Tomiño. Segue-se Monção-Salvaterra (09 de abril), Melgaço-Arbo-As Neves (07 de maio), Caminha-A Guarda-O Rosal (11 de junho) e Paredes de Coura-Valença-Tui (24 e 25 de setembro).

O conceito de caminhar entre as fronteiras visa promover e divulgar a riqueza do património material e imaterial da região do Vale do Minho transfronteiriço que se cruza com a história de dois países, transformando-os num único destino. De salientar que estas caminhadas surgem no âmbito do projeto UNIMINHO|ECOTUR, co-financiado pelo POCTEP, com o objetivo de valorizar os corredores verdes ecológicos transfronteiriços, sensibilizando as populações para o Vale do Minho Transfronteiriço como um ‘Destino Ecoturístico de Excelência’.

As inscrições para as cinco Caminhadas Transfronteiriças 2016 são gratuitas e estão disponíveis no portal em www.uniminho.eu

 

UNIMINHO lança Passaporte Ecoturista e APP do Rio Minho Transfronteiriço

Durante as Caminhadas Transfronteiriças 2016, a UNIMINHO vai oferecer, a cada participante, uma das mais recentes novidades para a valorização deste território comum: o Passaporte de Ecoturista do Rio Minho Transfronteiriço.

Além de indicar a localização exata de locais imperdíveis neste território transfronteiriço, este livro de registo das experiências permite que o visitante recolha, colecione e partilhe informações de uma aventura inesquecível onde, em cada recanto e época do ano, oferece um diferente panorama de vivências que nunca se repetem. Na gastronomia, na paisagem, nas festividades, existem experiências que despertarão os sentidos dos turistas e visitantes.

O Passaporte de Ecoturista do Rio Minho Transfronteiriço possui ainda um cunho muito pessoal, em que cada visitante pode registar as suas próprias experiências, bem como personalizar os postais com fotografias do território que integram o livro, colocando a sua própria fotografia e enviar para os seus amigos.

Após adesão ao grupo na página do Facebook da UNIMINHO UNIMIÑO, “ECOTUR Rio Minho (Passaporte)”, cada participante pode habilitar-se a passatempos, sorteios e desafios lançados pela organização.

Estes percursos e pontos de interesse estão igualmente acessíveis numa APP ECOTUR Rio Minho em três línguas (português, galego e inglês), gratuita, já disponível na App Store e brevemente na Google Play.