Quadrilátero e INL à procura de PME’s inovadoras (Early Adopters) que testem nanotecnologias e aproximem investigação e mercado

O projeto NANOeaters seleciona PME´s parceiras que testem, validem e facilitem o desenvolvimentocomercialde 10 soluções de base nanotecnológica. As empresas selecionadas vão integrar um programa de aceleração de transferência de nanotecnologia.

 

  • Para dar a conhecer o projeto NANOeaters e as condições de adesão, o INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, que lidera a iniciativa em Portugal, promove no próximo dia 21 de novembro o primeiro Info Day no Avepark, em Guimarães.

Esta atividade conta com o apoio da Associação Quadrilátero e o município de Guimarães.

  • No evento serão apresentados os benefícios e os apoios previstos para as empresas selecionadas.
  • Na sessão, estarão presentes investigadores do INL para apresentar 2 dos 10 casos práticos de nanotecnologia aplicada que visam a criação de novos produtos e serviços com potencial para dinamizar a economia regional.

- A nanotecnologia é uma tecnologiafacilitadoraessencial, aplicável a todos os setores com grande potencial para gerar inovações disruptivas nas PME’s.

- A Associação Quadrilátero, formada pelas cidades de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães, Associação Industrial do Minho, Centro Tecnológico CITEVE e Universidade do Minho, quer impulsionar o ecossistema inovador através de projetos de cooperação que promovam inovação, criatividade e investigação aplicada a empresas com impacto no desenvolvimento regional.

 

O INL em parceria com os membros do Quadrilátero está a promover o uso da nanotecnologia nas PME’s do Norte de Portugal, com o objetivo de impulsionar a economia e atrair investimentostecnológicos nos municípios do norte de Portugal. Juntos, desenvolverão nos próximos meses várias atividades de informação e divulgação nos municípios de Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Braga.

 

O Projeto NanoEaters "NanoTechnology Early Adopters", financiado pelo Interreg Galicia-Portugal, incorpora uma nova metodologia da União Europeia para acelerar a transferência tecnológica e a inovação em benefício das PME´s. O INL trabalhará com Universidades e Centros Tecnológicos da Galiza para transformar o conhecimento existente em nanotecnologias, incorporando depois as PME´s na fase de co-design das tecnologias e definição de soluções de mercado.

 

Para o efeito, é procurada a participação de PME´s inovadoras no codesenvolvimento de novos produtos baseados nas nanotecnologias desenvolvidas. O Projeto fornecerá financiamento e apoio às PME´s seleccionadas, especificamente um pedido de financiamento para desenvolver experiencias que incorporem as tecnologias desenvolvidas no Projeto e acesso gratuito a programas de aceleração, mentoring, orientação e formação.

 

A nanotecnologia é uma das tecnologias facilitadoras com o maior potencial para promover o desenvolvimento de inovações disruptivas. É considerado como uma tecnologia facilitadora essencial (KET) por ser transversal e aplicável em todos os setores: Indústria 4.0., Automóvel, Aeronáutico / Aeroespacial, Têxtil, Alimentação, Química, Biotecnologia, Materiais, TIC, Saúde e Medicina, Energia ou Ambiente, entre outros

(Ver pdf em anexo)

Agenda