Paredes de Coura elogiada por universidade italiana a propósito da exposição sobre Mário de Sá-Carneiro

Paredes de Coura mereceu os maiores elogios no âmbito do convénio pela ocasião do centenário do desaparecimento de Mário de Sá-Carneiro promovido pela Universitá Degli Studi Roma Tre, onde um conjunto de notáveis especialistas abordaram a obra deste importante nome da literatura portuguesa.

Na iniciativa que teve o patrocínio da Embaixada de Portugal em Roma e o contributo da Fundação Calouste Gulbenkian, Paredes de Coura foi apresentada como um exemplo de um lugar improvável para a realização de um evento com a envergadura do REALIZAR:poesia e que no passado mês de abril integrou a mostra “mil anos me separam de amanhã – percurso ao universo de Mário de Sá-Carneiro no centenário da sua morte”, iniciativa que superou o designativo exposição, mostrando-se, peremptoriamente, uma viagem emocional à obra, um percurso pelo seu universo identitário, real e onírico

“O REALIZAR:poesia foi um risco assumido por toda a equipa. Uma conjugação feliz de pessoas que, fruto do seu entusiasmo e paixão pela poesia e fruto da generosidade de um colecionador conseguiram fazer do evento um êxito”, recordou a vereadora da Câmara de Paredes de Coura, Maria José Moreira, para quem o REALIZAR:poesia “mostrou que a poesia é transversal a todos os setores e que também é possível fazer política com poesia”.

No convénio promovido pelo Departamento de Língua, Literatura e Cultura Estrangeira da Universitá Degli Studi Roma Tre foi projetado o documentário dirigido por Paulo Pinto com os principais momentos sobre o REALIZAR:poesia, com particular destaque para a exposição “mil anos me separam de amanhã – percurso ao universo de Mário de Sá-Carneiro no centenário da sua morte”, bem como depoimentos dos vários participantes na iniciativa, como João Botelho, Miguel Ribeiro, João Rios e Giorgio de Marchis, um dos maiores especialistas mundiais da obra de Mário de Sá-Carneiro e que na qualidade de elemento do Conselho Científico desta universidade italiana convidou para este convénio o Município de Paredes de Coura.

“Essa ousadia e capacidade de passar do sonho a realidade podem refletir-se na política educativa, no desenvolvimento económico, na politica social e cultural”, acrescentou Maria José Moreira enumerando as potencialidades de uma iniciativa como o REALIZAR:poesia, aproveitando a ocasião para convidar os presentes a visitarem Paredes de Coura por ocasião da edição de 2017.

Paredes de Coura