A Paixão da Rádio reúne em Paredes de Coura quatro dos melhores programas da rádio portuguesa

Quatro dos melhores programas da rádio portuguesa são transmitidos esta sexta-feira, dia 9 de fevereiro, a partir de Paredes de Coura. A Paixão da Rádio faz-se com a “Manhã TSF” (TSF), “Antena Aberta” (Antena 1), “Prova Oral” (Antena 3) e “Serões Inquietos” (TSF), numa homenagem à rádio e antecipando o dia 13, Dia Mundial da Rádio. 

Promovida pelo Município de Paredes de Coura com o apoio do Crédito Agrícola - Caixa do Noroeste, esta iniciativa contempla ainda no dia seguinte, sábado, dia 10 de fevereiro, a “Tertúlia matinal: A Paixão da Rádio, o amor ao jornalismo e à arte de contar” com Ana Maria Lourenço (consultora de comunicação), António Jorge (Antena 1), Fernando Alves (TSF), Fernando Alvim (Antena 3), Pedro Pinheiro (TSF) e Sofia Branco (presidente do Sindicato dos Jornalistas), tendo por moderador Ricardo Alexandre (RTP), bem como a exposição que se prolonga até 16 de março,  “Radiofonia: a paixão da rádio”, com alguns dos mais icónicos aparelhos de outros tempos onde predominam marcas como Philips, RCA, His Master’s Voice, Marconi, Telefunken, Siemens, Roberts Radio, Ultra, Viking, entre outras, provenientes da coleção particular da família Sansão Vaz.

Tertúlia com vozes da rádio, do jornalismo e da comunicação

“Para mim a rádio será sempre eterna. Inventem o que quiserem, fogo de artifício, efeitos especiais, projeções tecnológicas ou até mágicas, mas a rádio será sempre imaginação, imaginação. O mistério que será sempre a maior força do mundo. A rádio é a imagem sonhada, a imagem pensada e sentida. Não há maior e mais bela imagem do que essa, porque essa não vem dos olhos, vem do coração. A rádio vem do coração”, argumenta Vitor Paulo Pereira no texto de apresentação desta iniciativa A Paixão da Rádio, recordando os tempos em que as pessoas tentavam “adivinhar o rosto pela voz. E como as vozes eram bonitas, todos achávamos que os jornalistas seriam, por consequência, bem-parecidos”, mas também trazendo à memória “as palavras raras e cuidadas”.

O presidente da Câmara de Paredes de Coura lembra-se do tempo em que os profissionais da rádio “amavam a profissão e respiravam o país. Tinham uma visão humana, sábia e inteligente da geografia. Sabiam que, mesmo no lugar mais recôndito, havia sempre uma vivalma atenta que gostava muito do trabalho que faziam”, recordou.

Exposição de alguns dos mais icónicos rádios de outros tempos

Esta sexta-feira A Paixão da Rádio começa bem cedo com a ‘Manhã TSF’, da TSF, entre as 8h00 e as 10h00, prossegue com a ‘Antena Aberta’, da Antena 1, entre as 11h00 e as 12h00, recuperando ao final da tarde a emissão rádio com a ‘Prova Oral’, da Antena 3, entre as 19h00 e as 20h00, prolongando noite dentro com os ‘Serões Inquietos’, da TSF, entre as 21h00 e 23h00. À exceção deste último programa que será transmitido a partir do Museu Regional de Paredes de Coura, todos os outros serão transmitidos a partir da Galeria Noroeste / Coura, no edifício da Caixa de Crédito Agrícola, onde também estará patente a exposição “Radiofonia: a paixão da rádio”, cuja inauguração ocorre às 18h00.

Por sua vez, a “Tertúlia matinal: A Paixão da Rádio, o amor ao jornalismo e à arte de contar” decorrerá na manhã de sábado, entre as 11h00 e as 13h00, na Biblioteca Aquilino Ribeiro.

 PDF icon08_anos_50_radios_sava.pdf

(ver no 2º anexo o pdf com o programa)