O Senhor Ibrahim E As Flores Do Alcorão| Seiva Trupe no Teatro Diogo Bernardes em Ponte de Lima

A Companhia de Teatro Seiva Trupe volta ao Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, sábado, 3 de Fevereiro, às 21h30, desta vez com o espectáculo O Senhor Ibrahim e as Flores do Alcorão, de Eric-Emmanuel Schmitt, com versão cénica e direcção de Júlio Cardoso e interpretação de Fernando Soares e Miguel Batista.

Numa linguagem simples mas profundamente filosófica e humanista, desaguando numa emocionante história condimentada com humor, Eric-Emmanuel Schmitt, filósofo e dramaturgo, um dos mais prolíficos e premiados escritores do nosso tempo, narra um caso de um jovem judeu e de um velho merceeiro árabe. O jovem vive só e com um pai frio e distante.

O Senhor Ibrahim, o merceeiro árabe, é acolhedor e simpático. Juntos vivem uma série de aventuras e edificam uma amizade que ultrapassa todas as fronteiras. Uma obra de sabedorias, de tolerância, bondade e fraternidade, numa vulcanicidade actualíssima.

“Existem alguns textos que levamos connosco tão naturalmente que nem percebemos o quanto eles são importantes. Escrevê-los é como respirar (…) Escrito do coração e pelo coração. (…) Quem são Momo e o Senhor Ibrahim?

Duas pessoas que passam despercebidas pelo mundo. Momo é filho único, sem mãe e um pai que mal merece ser reconhecido como tal, demasiado mergulhado numa depressão para conseguir cuidar do seu próprio filho, ensinando-o o gosto pela vida e pelos seus princípios. Em relação ao Senhor Ibrahim, a única coisa que lhe é solicitada é a possibilidade de conferir a ambos uma boa oportunidade. O homem e o menino mudam as suas vidas enquanto se conhecem. O encontro deles é um enriquecimento maravilhoso.” (Eric-Emmanuel Schmitt)

Ficha Artística e Técnica:

Autor | Eric-Emmanuel Schmitt

Cenografia | José Carlos Barros

Desenho de Luz | Júlio Filipe

Assistente de Indumentária | Letícia Santos

Assistente de Encenação e Direcção de Cena | Rita Reis

Versão Cénica e Direcção| Júlio Cardoso

Interpretação | Fernando Soares e Miguel Batista

 

Edição de Som | Filipe Gonçalves

Operação de Luz e Som | Filipe Cardu

Execução do Cenário | Hernâni Costa Miranda

Montagens Cénicas | Filipe Cardu, Luís Ternús e Matu

Painel Publicitário | Nuno Sousa Pereira

Fotografia | António Alves

Maiores de 12 anos