MinhAventura junta centenas de praticantes de vários países na descida do Rio Coura

O Rio Coura foi anfitrião parar reviver a navegabilidade e actividade de outros tempos, num cenário de água cristalina e margens verdejantes que acolheu centenas pessoas que viveram os seus encantos. À Descida Internacional do Rio Coura em Kayak (DIRCK), conflui uma multidão proveniente de vários países, com destaque para os nossos vizinhos que desta vez chegaram a uma centena. De Portugal chegaram de todos os lados e já há quem venha da capital.

O dia nascia com céu azul e o Parque Municipal já se encontrava preparado para receber os 600 inscritos. Durante a manhã as pessoas chegavam, faziam a creditação e procuravam as refrescantes sombras do Parque para relaxar e piquenicar entre amigos ou familiares. Não faltaram os ateliers de papagaios para as crianças e a brisa fresca que os elevava até às copas das árvores. No Rio Minho, pais e filhos remavam entre os secos descobertos da preia-mar. enquanto que no Coura se fazia o um baptismo para os que nunca tinha tocado num kayak.
As ruas, as esplanadas e os restaurantes de Caminha ‘tingiram-se’ de cor-de-rosa e as t-shirts não passaram indiferentes dando fantasia e diversão a um sábado quente de Julho.

Descida do Rio Coura em Kayak

Descida do Rio Coura em Kayak

Já o sol se situava no seu ponto mais elevado, quando os autocarros andavam num frenesim entre Caminha e Vilar de Mouros. ‘Pilhas’ de kayaks, pagaias e coletes coloriam o recinto onde se realiza o Festival de Música mais carismático. O velho palco serviu para concentrar a folia, fazer o aquecimento e até para uma aula inicial de kayak. O presidente da Junta de Freguesia, Carlos Alves, discursou e as suas palavras focavam-se nos encantos deste rio que encontra na sua terra e a ponte Românica que une as suas margens. O presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Alves, foi breve nas suas palavras e mostrou, dado o calor e toda a ansiedade, a vontade de ver o espectáculo refrescante da largada de 300 kayaks.

Já na sua 5ª edição, o Município Caminhense conta com uma empresa local para organizar com detalhe o evento e que este ano se designou "DIRCK2017". Assim, envolvida na promoção regional, confluindo desporto, turismo e natureza, a MinhAventura empenha-se cada ano em proporcionar a todos os participantes uma experiência única e que acaba por ser um bom cartaz turístico da região.

Descida do Rio Coura em Kayak

Descida do Rio Coura em Kayak
Entre remadas desconcertantes, mergulhos principiantes e muita alegria, lá os kayaks coloridos sulcam as águas onde uns vão ser os primeiros, outros esperam o silêncio, outros em grupo colorido de pagaias como moinhos que parecem de brincar. Todos sabem que no final se vão encontrar e depois de passar a ponte em ferro do combóio, encostam ao ancoradouro e já novamente no Parque espera-os dois porquitos no espeto e bebidas refrescantes.

Este dia 8 ficou na memória e foi notória a satisfação com que todos os envolvidos se despediram na promessa de regressar.