Jovem prodígio procura emprego num Circo

Chama-se Ruben Moreira, tem apenas 23 anos, sobrevive com o RSI mas é um … prodígio por aproveitar! Em Viana do castelo todos o conhecem por se ter tornado uma figura habitual em alguns recantos da cidade onde deixa as pessoas, literalmente, de ‘boca aberta’!

Quanto o tempo permite, este jovem pega no seu material de trabalho e instala-se na Avenida dos Combatentes, junto à CGD, ou na Praça da República perto do chafariz. Mas também ‘bate’ as feiras de Vila Nova de Cerveira e faz incursões por Valença e mesmo na cidade do Porto. «O ideal era eu ter um meio de transporte autónomo, por isso ando a poupar a ver se consigo tirar a carta de condução». Em declarações ao MD confessou-nos que «não anda a pedir esmola, as pessoas dão o que querem e se querem quando assistem ao que eu faço». E o que é que este jovem é capaz de fazer? «Faço a estátua, levitação, mas também malabarismo».

2

3

4

5

A vida tem sido madrasta para o Ruben que chegou a trabalhar no Circo Flic Flac que sendo de Guimarães vai a outras localidades, mas só aguentou meia dúzia de meses porque a situação, em termos monetários, era precária. Eventualmente por causa da crise, as dificuldades da empresa fizeram notar-se no atraso do salário e a situação tornou-se alegadamente insustentável. Foi há 4 anos e o Ruben Moreira continua com um objectivo na cabeça: entrar para uma Escola Profissional de Circo. Falou-nos da ‘Chapitô’ mas como está sediada em Lisboa «é complicado porque tenho a inscrição, o aluguer de quarto, alimentação, etc.» - concluiu com um especial brilho nos olhos …

9

7