Irmãos de Lisboa apaixonados por Viana dão vida ao cartaz da Romaria da Agonia de 2017

Dois irmãos de Lisboa apaixonados por Viana do Castelo dão vida ao cartaz das Romaria d’Agonia de 2017, com a “mordoma” Laura Rua, estudante de 16 anos, a ser a cara da maior romaria de Portugal.
“Não houve escolha. Sendo a minha irmã que partilha comigo esta paixão pelo folclore só poderia ser ela a minha escolha”, começa por dizer Ivo Rua, de 28 anos, um dos autores do cartaz, justificando a escolha da irmã para envergar o traje de lavradeira da Areosa, que dá rosto ao trabalho vencedor do concurso público, mais uma vez promovido pela Vianafestas.
Ivo e Laura são dois irmãos de Lisboa com raízes em Arcos de Valdevez e amantes do folclore minhoto, que adotaram Viana do Castelo e a Romaria da Senhora da Agonia como “terra do coração”. Ivo conta que já levou a família toda a integrar um dos quadros da festa.
“Em 2015 participei na Festa do Traje com a minha família, no quadro do batismo. O bebé foi o meu filho, com apenas três meses. Em 2016 participei no Cortejo Etnográfico”, recorda, orgulhoso.
Os dois irmãos integram um Grupo Etnográfico Danças e cantares do Minho, em Lisboa, há vários anos, uma paixão que os levou a fazer parte da festa de Viana do Castelo e, em 2017, concorreram mesmo à conceção do cartaz, juntamente com Leandro Oliveira, designer gráfico e amigo de infância.
“O traje e os elementos do cartaz foram escolha minha. Quisemos mostrar um cartaz apelativo, digno da romaria das romarias de Portugal, onde se destaca a beleza da mulher ‘vianesa’ e a devoção à Senhora da Agonia”, explica Ivo Rua, que, conforme determinava o concurso deste ano inspira-se na beleza da mulher de Viana, ostentando o traje à vianesa, o espírito da festa, cuja antiguidade nos leva ao principio do século XX, ainda a alegria e a vida que a caracterizam bem como a Imagem da Capela da Senhora d’Agonia ou da Santa.
“Quando soube que vencemos, chorei de alegria”, confessa. Um cartaz que fica em família, com Laura Rua, de 16 anos, estudante do 10.º ano em Lisboa, a dar a cara ao trabalho e ao traje do irmão.
“É de lavradeira da Areosa e pertence à coleção do meu irmão. Era usado pelas moças nas festas. Sendo este da Areosa, caracteriza-se como o mais vermelho dos trajes à Vianesa, onde até o forro é vermelho”, explica.
Há dois anos que Laura começou a participar no desfile da mordomia, então com 14 anos, e em 2017 vai dar a cara ao cartaz que vai correr mundo até agosto.
“Desde pequena que todos os anos vou às festas da Romaria da Agonia, é, portanto, tradição de família participar e desde que tive idade para tal comecei a desfilar, porque sempre foi um dos meus sonhos”, confessa a jovem mordoma.
O ouro que apresenta no cartaz e com o qual vai desfilar nos dias de festa é de família, como cordões, trancelins, contas de Viana, medalhas de cordão, coração em filigrana, borboleta, gramalheira, cruz, alfinete e, claro está, os brincos à rainha.
“Nunca achei que fosse de todo impossível ser um dia a mordoma do cartaz porque sempre que desfilava na romaria e quando me apresentava em público no meu grupo as pessoas muitas vezes me diziam que seria um bom cartaz. Mas pensava nisso como uma realidade longínqua, até receber a notícia. Com alegria e grande emoção”, confessou Laura.
Paralelamente ao cartaz, foi ainda apresentado o novo filme promocional da Romaria d’Agonia que será divulgado nas redes sociais e o material promocional da marca oficial das festas “Somos Todos Romaria”.
A promoção de 2017 vai levar a festa a outras cidades e a várias plataformas digitais, com mais histórias e imagens.
“Queremos alargar este sentimento de pertença à marca Somos Todos Romaria, que se conheça mais e melhor desta festa para que chegue ainda mais longe de uma forma original”, garante a direção da Vianafestas.
A Romaria d’Agonia decorre este ano entre 17 a 20 de agosto, já está disponível o programa para os quatro dias de festa nos quais são esperados perto de um milhão de turistas em Viana do Castelo.