Investigadores e empresários juntos no debate da aplicação comercial de soluções nanotecnológicas

INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, em colaboração com a Associação Quadrilátero, promove no dia 21 de novembro encontro entre investigadores e empresários no âmbito do Projeto NANOeaters.

  • O projeto, uma iniciativa coordenada pelo INL e pela Agência Galega de Inovação (GAIN) direcionada para a promoção da inovação na Galiza e Norte de Portugal, procura colmatar o fosso entre a investigaçãonanocientífica desenvolvida nos centros de investigação da eurorregião  e a sua realaplicação às necessidades do tecidoempresarial.

 

  • O projeto NANOeaters visa a tarefa crucial de ajudar a atravessar o chamado “vale da morte” que separa a investigação básica da inovação tecnológica empresarial. O enfoque do projeto é o desenvolvimento tecnológico em colaboração com as empresas desde a prova de conceito à prototipagem, provando o interesse comercial da tecnologia.

No encontro serão apresentadas linhas orientadoras de 2 dos 10 casos práticos de nanotecnologia aplicada. Referir-se-á o desenvolvimento de um sistema de nanosensores sem fios para a deteção da poluição atmosférica nas cidades e o desenvolvimento de biossensores usados na caraterização do azeite para testar a veracidade e qualidade do produto (replicável a outros produtos alimentares).

 

Sonia Pazos, coordenadora do NANOeaters, explicou que o projeto está  agora à procura de SMEs que possam testar e validar estes e outros desenvolvimentos em curso (que abrangem áreas como segurança alimentar, saúde, setor marítimo, setor automóvel e cidades inteligentes). O objetivo último é a criação de novos produtos e serviços com potencial para dinamizar a economia regional.

Sonia Pazos sublinhou também que “a ação do INL passará por apoiar as empresas ao longo de todo o processo,  incluindo nas fases de lançamento dos produtos para o mercado – desde o desenvolvimento, até à busca de parceiros estratégicos internacionais”.

Estarão presente no encontro Ricardo Silva da LASA, um dos gigantes portugueses dos têxteis-lar, que ilustrará o potencial da nanotecnologia aplicada a soluções comerciais através do caso de sucesso SmartBed - um lençol inovador que possui um sistema têxtil incorporado que deteta o contacto com fluídos, como por exemplo a urina.

O evento conta com o apoio do Município de Guimarães e do projeto “Guimarães Marca” -  programa de afirmação e promoção do tecido económico e cultural do concelho, promovido pela Divisão de Desenvolvimento Económico do Município de Guimarães

 

- A Associação Quadrilátero, formada pelas cidades de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães, Associação Industrial do Minho, Centro Tecnológico CITEVE e Universidade do Minho, quer impulsionar o ecossistema inovador através de projetos de cooperação que promovam inovação, criatividade e investigação aplicada a empresas com impacto no desenvolvimento regional.

 

- O Projeto NANOeaters "NanoTechnology Early Adopters", financiado pelo Interreg Galicia-Portugal, incorpora uma nova metodologia da União Europeia para acelerar a transferência tecnológica e a inovação em benefício das PME´s.

 

- O INL trabalhará com Universidades e Centros Tecnológicos da Galiza para transformar o conhecimento existente em nanotecnologias, incorporando depois as PME´s na fase de co-design das tecnologias e definição de soluções de mercado

 

- A nanotecnologia é uma das tecnologias facilitadoras com o maior potencial para promover o desenvolvimento de inovações disruptivas. É considerado como uma tecnologia facilitadora essencial (KET) por ser transversal e aplicável em todos os setores: Indústria 4.0., Automóvel, Aeronáutico / Aeroespacial, Têxtil, Alimentação, Química, Biotecnologia, Materiais, TIC, Saúde e Medicina, Energia ou Ambiente, entre outros