Festival de artes performativas de Arcos de Valdevez

 Marginal Artes. A 5ª edição do Festival Marginal Artes decorreu nos dias 4, 5 e 6 de setembro no Jardim dos Centenários em Arcos de Valdevez.

Este festival de artes performativas contou com a presença de performers e artistas nacionais e da região assim como espetáculos de dança, teatro e música.

Durante estes 3 dias de arte na rua realizaram-se vários workshops, ateliers infantis, animação artística e a Feira Criativa.

Dança, teatro, performance, música, curtas-metragens, workshops, muita criatividade e animação esteve presente em Arcos de Valdevez, nos dias 4, 5 e 6 de Setembro. Organizado pela Associação Movimento InCriativo, Município e Casa das Artes de Arcos de Valdevez, a 5ª edição do Festival Marginal Artes trouxe até Arcos de Valdevez mais de 30 artistas locais e nacionais das mais diversas áreas, entre músicos, bailarinos, performers e atores.

Os palcos escolhidos para as variadas performances foram o Jardim dos Centenários, a Casa das Artes concelhia e avenida Recontro de Valdevez, espaços que receberam espetáculos de dança, teatro, performance, música e uma mostra de curtas-metragens. A programação incluiu ainda workshops de formação artística e animação de rua, bem como a Feira Criativa, uma venda de artesanato moderno, arte e outros produtos.

Nesta edição, entre outros artistas e performers estiveram presentes: na música, os Fado Violado, projeto que cruza o fado com o flamenco; na performance, Liliana Garcia, vencedora da última edição do programa “Achas que Sabes Dançar?”; no teatro, a companhia La Fontana com “PROMETEU”, um teatro de sombras e tecnologia digital, vencedor do prémio de melhor espetáculo para a infância atribuído pela Feira de Teatro de Castilla y Léon em 2012; e na dança, os ZooGang crew, inseridos na cultura hip-hop, na vertente de Bboyng - Breakdance, vencedores do campeonato Number One Bboytuga 2010.

Os mais novos também tiveram direito a programação específica, tendo tido, através do programa MarginalLAND no Jardim dos Centenários, a oportunidade de realizar atividades que lhes foram inteiramente dedicadas, como a modelagem de balões, pinturas faciais, pintura, bolas de sabão e o concorrido workshop de Capoeira.

Com esta iniciativa os mentores do projeto pretendem não só proporcionar um evento cultural de grande qualidade, como contribuir para a formação de novos públicos no domínio das artes performativas e simultaneamente valorizar a criação artística local e os seus protagonistas.

O evento organizado pela Movimento Incriativo, Município e Casa das Artes de Arcos de Valdevez contou com o apoio da Fundação Caixa Agrícola do Noroeste e do Governo de Portugal e com o patrocínio de Américo Esteves & Filhos Lda., Azenha Bar, Bigseto, Intermarché, Restaurante Casa Real Matadouro e Romanza Ristorante Italiano.

A Movimento Incriativo, associação sem fins lucrativos fundada em 2006, integra artistas de várias áreas, desenvolve criações artísticas profissionais nos domínios da dança e teatro, a par de um projeto pedagógico de formação de longo curso junto das populações locais. Mais informações em: http://www.m-incriativo.org