Executivo adjudica obras com valor global próximo de 3 milhões de euros

Cinco empreitadas no âmbito do saneamento básico, regeneração urbana e dinamização económica avançam em diferentes freguesias do concelho, tornando o nosso território mais visitável e proporcionando melhor qualidade de vida aos habitantes.

Nas últimas sessões camarárias, o Executivo Municipal de Monção adjudicou um conjunto de investimentos no valor global de 2.740.222,68 €, acrescido do respetivo imposto (6%), perfazendo 2.904.636,05 €. Intervenções referem-se a trabalhos de saneamento básico, regeneração urbana, segurança rodoviária e dinamização económica.

Com comparticipação financeira no âmbito do Portugal 2020, através do Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), foram adjudicadas, por unanimidade, três empreitadas em diferentes freguesias do território concelhio.

A saber: “Rede de Saneamento do Lugar dos Milagres – Cambeses”, no valor de 331.990,00 €, à empresa Limabuild, Engenharia & Construções, Lda. “Rede de Saneamento de Serzedo (Longos Vales) e Aglomerado Urbano de Monte Redondo (Troviscoso)”, no valor de 531.863,64 €, e “Rede de Saneamento da Rede Baixa de Mazedo”, no valor de 845.145,14 €, ambas à empresa Narom, SL – Sucursal em Portugal.

Os trabalhos, localizados nos lugares urbanizados daquelas freguesias, consistem na construção de infraestruturas de saneamento de águas residuais, incluindo a rede de drenagem de saneamento residual, estações e condutas elevatórias. Fundamentais para a elevação da qualidade de vida das populações locais e preservação do meio ambiente, as intervenções previstas vão beneficiar 1391 habitantes.

O executivo monçanense aprovou também a empreitada “Beneficiação da EN101/202 – Troço Rotunda de Cortes à Nova Rotunda de S. Pedro – 1ª Fase”. Com votos contra do PSD e abstenção do CDS/PP, a obra foi adjudicada pelo montante de 450.228,72 €, à empresa Duque & Duque, Terraplanagens, Lda.

Esta intervenção, numa extensão aproximada de 700 metros entre a rotunda de Cortes e a rotunda de acesso ao centro urbano/ponte internacional, prevê a criação de separador central, beneficiação do pavimento, zonas verdes e arborização, passeios em ambos os lados e reforço da iluminação pública.

No âmbito da regeneração urbana, avança igualmente a “Requalificação da Praça da República e Zona Envolvente”. Os trabalhos, entregues à firma Limabuild, Engenharia & Construções, Lda, situam-se em 580.995,18 €. O objetivo geral é tornar mais visitável o centro histórico da vila, proporcionando a residentes e visitantes espaços atrativos e funcionais.

Assim, a empreitada consta da beneficiação total da Praça da República, recuperando pavimentos, jardins, mobiliário urbano, iluminação pública e infraestruturas de abastecimento de água, saneamento e águas residuais. Intervenções estendem-se aos arruamentos envolventes. Casos da Rua 25 de Abril, Largo da Alfândega, Rua da Estação e Rua Eng. Duarte Pacheco.