“Entruidos” de Soajo animaram Carnaval à moda antiga

O cortejo carnavalesco de Arcos de Valdevez, devido ao mau tempo, foi adiado para este domingo, 14 de fevereiro. Mas em várias localidades do concelho brincou-se ao Carnaval.

No coração do único Parque Nacional, realizou-se, primeiro, um baile de “entruidos”, para recuperar uma velha tradição de Soajo, e, depois, um desfile de mascarados, onde a folia esteve de braço dado com a modernidade.

Sem políticos caricaturados nem sátira social, o baile de 6 de fevereiro recuperou os festejos carnavalescos de tempos idos. Ao som de ritmos que perduram pelo tempo, e com um borralheiro por perto para aquecer o corpo e a alma, o grupo aguardou um pouco na esplanada do Café Jovem até ao início do desfile. Os concorrentes, todos fantasiados (exceto um…), espalharam alegria e “passearam” máscaras, perucas, trajes tradicionais (vestes pretas, da cabeça aos pés, a retratar os fatos de noiva do início do século XX), rendas a tapar a cara e tamancos, não tendo lá faltado acessórios como chocalhos, varredouros, cabaças, lanternas e outros “feitiços”.

23

24

26

27

28

30

A animar o baile, em permanência, esteve um extrovertido concorrente, que ganhou o concurso por um ponto tangencial. Por decisão do júri, o prémio (diversificado cabaz de produtos) foi atribuído ao participante número 12, que “arrancou” ruidosas gargalhadas com coreografias e poses ousadas. No “alinhamento” seguinte, para fim de festa, cantou-se e dançou-se ao som da concertina, dedilhada por Francisco Barros.

Apesar do mau tempo, os soajeiros não pediram licença e voltaram a festejar, no dia 9 de fevereiro, o Carnaval fora de casa. Ao todo, 37 mascarados deram largas à imaginação na Casa do Povo de Soajo.

Disfarçados de palhaços, piratas, monstros, princesas, suínos, “velhinhos”, entre outras “brincadeiras” que ninguém levou a mal por ser Carnaval, os foliões revelaram criatividade de sobra para um bem-conseguido serão.

Venceu o concurso de adultos a concorrente número 13, Rose Galopim. De entre os petizes, Luna Araújo (participante número 11) foi a grande vencedora. Levaram para casa bolachas e outras guloseimas.

Sob organização da Casa do Povo, que ofertou um lanche a todos os presentes, muitos soajeiros, de várias idades, aproveitaram, pois, da melhor maneira o momento de folia para brincarem ao Carnaval com ritmos alegres.

Este domingo, se S. Pedro ajudar, há mais na sede do concelho…

 31

32

33

34

35

36

21