Encontro de Janeiras de Paredes de Coura

Foram treze as Associações do concelho de Paredes de Coura que se reúniram em mais um Encontro de Janeiras, que no passado sábado, 7 de janeiro, pelas 21h00, no Centro Cultural, voltaram a dar corpo a uma das tradições mais ricas e bonitas do cancioneiro popular courense.

O Rancho Camponês do Bico, Sporting Clube Courense, Associação de Vascões, Clube de Natação e Cultura, Associação de Cunha, Associação de Paredes de Coura, Universidade Sénior, Associação de Rubiães, Confraria Senhora da Pena, Associação de Padornelo, União de Freguesias de Insalde e Porreiras, Associação de Formariz e Associação de Mozelos, num total de cerca de 300 elementos, entre cantadores e músicos, proporcionaram o som e o tom ao XVI Encontro de Janeiras de Paredes de Coura, depois de terem percorrido as aldeias do concelho a cantar os Reis e as Janeiras.

 

Como habitualmente, este XVI Encontro de Janeiras teve entrada livre e foi precedido por um desfile pelas ruas centrais de Paredes de Coura, com concentração no Largo Visconde de Mozelos, junto aos Paços do Concelho, e percorrendo em animada marcha pela Rua Conselheiro Miguel Dantas até ao Centro Cultural.

Posteriormente, os grupos das associações culturais, recreativas e desportivas, estabelecimentos de ensino locais, grupos de catequese, Lar de Idosos e Centros de Dia, provenientes de todo o município, continuarão durante todo o mês de janeiro a visitar as casas e a Cantar as Janeiras, como é tradição neste concelho do Alto Minho, e que todos os anos rejuvenesce partilhando saberes e experiências de geração em geração.

Hoje estamos cá, mas não só para dar

Queremos receber o calor do vosso lar

Olhem para nós, estamos esfomeados

Mas ainda assim, cantamos afinados.

 

Está na hora de ir embora, tem de ser é já agora

Mas o frio que esta lá fora

Arrepia, podem crer

Não nos tira o prazer,

De saber que para o ano cá voltamos.

 

Ohhhh

Não há por aí um salpicão ou um licorzinho

Para aquecer o coração?

Está na hora de ir embora e vamos desejar

O melhor que a vida tem p'ra dar.

*Letra da associação de Parada