Educação digital marca apresentação de livro sobre cyberbullying

A utilização responsável e consciente da Internet e das tecnologias em linha foi o tema basilar da apresentação da obra “Cyberbullying: um guia para pais e educadores”, que decorreu na passada sexta-feira, 18 de novembro, no Auditório da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima. A sessão orientada por Tito de Morais, coautor do livro, centrou-se nas características da comunicação virtual que, pela sua potencialidade e abrangência, é suscetível de causar danos imprevisíveis, de gravidade e extensão consideráveis, em face da sua rápida disseminação e dificuldade de controlo.

Fundador do projeto MiudosSegurosNa.Net - dedicado à segurança de crianças e jovens em ambiente virtual - Tito de Morais destacou as repercussões que decorrem do uso que fazemos do ciberespaço, cujos conteúdos facilmente replicáveis tendem a alojar-se perpetuamente; alertou para os perigos do anonimado que permite a ocultação de falsos perfis e identidades; sublinhou o risco de descontextualização de imagens postadas, cuja reutilização perniciosa desvirtua a intenção original e desencadeia situações potencialmente graves; evocou a escalabilidade da Internet que possibilita o acesso quase instantâneo de uma audiência invisível e inimaginável a informações previamente disponibilizadas, cujo trajeto e visualizações não logramos controlar; evidenciou o carácter impulsivo, instintivo e irrefletido da partilha de conteúdos, sustentado, em parte, no efeito de desinibição que a comunicação online proporciona; e chamou a atenção para a facilidade com que na Internet, mormente nas redes sociais, se fazem juízos de valor precipitados, com base em fragmentos da realidade, que podem acarretar sérias consequências para a vida pessoal e/ou profissional dos utilizadores.

Recorrendo a vídeos de sensibilização e a mensagens preventivas que estimulam o uso consciente do espaço virtual, o autor de “Cyberbullying: guia para pais e educadores” lembrou que as atitudes e os gestos adotados “podem fazer com que a nossa presença na Net seja inspiradora ou destruidora” – momento aproveitado para recordar o exemplo meritório de Martha Payne, escocesa de 9 anos de idade que, com o auxílio da família, desenvolveu um blogue para defesa de uma alimentação escolar saudável –, reforçou a necessidade crescente de diálogo entre pais e filhos - elemento fundamental nas ações de orientação educacional com vista à utilização responsável e segura do ciberespaço - e enumerou algumas ferramentas preventivas e websites com conteúdos informativos de grande utilidade e aplicabilidade práticas. Apesar dos avanços legislativos em matéria digital, Tito de Morais reconheceu a dificuldade em acompanhar a velocidade das inovações tecnológicas, mas incentivou cada um de nós – utilizador ou não de redes sociais – a denunciar quaisquer irregularidades detetadas de modo a prevenir ou a atuar sobre situações de risco eventual ou iminente.

À apresentação da obra, que contou com a presença de Paulo Barreiro de Sousa, Vereador da Educação da Câmara Municipal de Ponte de Lima, seguiu-se um debate participado de ideias e a habitual sessão de autógrafos.

 

Sobre Tito de Morais:http://www.miudossegurosna.net/sobre/titodemorais.html