Abel Batista do CDS é o

O convite é dirigido a toda a comunidade residente e visitante: sábado, 08 de agosto, pelas 18h00, venham ao centro histórico de Vila Nova de Cerveira presenciar um ‘Fim de Tarde de Folclore’. Organizado pela Câmara Municipal, este certame conta com a participação do Rancho Folclórico “Dança na Eira” de Newark (Estado Unidos da América) e o Rancho Folclórico Infantil de Gondarém, de Cerveira.

Um momento de louvor aos nossos valores etnográficos e tradicionais interpretados por gentes que recordam a terra – emigrantes em Newark - e por gentes que vivem na terra – comunidade de Gondarém. Este ‘Fim de Tarde de Folclore’ promove a defesa do património cultural e a salvaguarda de uma memória coletiva que rompe fronteiras e distâncias. Através das danças e dos cantares, dos trajes e dos usos e costumes, este convívio folclórico além-fronteiras homenageia os emigrantes alto-minhotos que não esquecem o amor à terra que os viu nascer, continuando a prestar um apoio notório e significativo nas mais variadas áreas.

Criado em 2008, o Rancho Folclórico “Dança na Eira”, de Newark – cidade norte-americana que acolhe um grande número de cerveirenses -, é um exemplo de preservação e promoção das tradições e nome de Cerveira. Integrado na Fundação Bernardino Coutinho, o grupo composto por 90 elementos tem duas vertentes, infanto-juvenil e adulta, sendo dirigido por Denis Cavadas. Os seus trajes femininos adultos, onde dominam o preto e o roxo, espelham a beleza das mordomas de Santa Marta de Portuzelo (Viana do Castelo, Minho); já os das dançarinas mais pequenas fazem alusão às tradições festivas que simbolizam a zona também minhota de Arcos de Valdevez. Os elementos masculinos vão buscar inspiração, em termos de vestuário, ao traje tradicionalmente domingueiro da mesma zona de Portugal.

Por sua vez, e procurando incutir as tradições nas novas gerações, o Rancho Folclórico Infantil de Gondarém é fruto de um projeto educativo, elaborado no ano letivo 2000/2001 em parceria com a Autarquia e a Comunidade Educativa, criando assim sua secção infantil “Rancho Folclórico Infantil de Gondarém”. No dia 25 de Abril de 2001 foi constituída a Associação com a denominação de Rancho Folclórico Infantil de Gondarém com a sua primeira apresentação pública. Com o crescimento das crianças e o surgimento de outras, este Rancho passou a Rancho Infantil e Juvenil, e tem atuado em festas e festivais de Norte a Sul do País e no estrangeiro.

O Terreiro de Vila Nova de Cerveira acolhe, este sábado, 08 de agosto, pelas 18h00, um ‘Fim de Tarde com Folclore’. Acesso livre.

Dê sangue e ajude a ajudar – Colheita de Sangue a 14 de agosto

O Largo do Terreiro, em Vila Nova de Cerveira, volta a acolher uma Campanha de Recolha de Sangue no próximo dia 14 de agosto, entre as 15h00 e as 19h00. Esta é a segunda colheita de 2015 num concelho que tem demonstrado um forte espírito solidário.

VNC 06/08/15

Depois de em abril passado, cerca de 50 pessoas terem contribuído para o reforço nacional das reservas de sangue, a autarquia cerveirense e o Instituto Português do Sangue apelam novamente à solidariedade de dadores e de potenciais dadores para se inscreverem na campanha da próxima sexta-feira, 14 de agosto, entre as 15h00 e as 19h00.

Dar sangue é um ato voluntário e benévolo que representa a única forma de proporcionar aos que necessitam o conforto de saber que podem contar com a solidariedade de todos. A dádiva de sangue é um ato solidário para com os seus familiares, amigos e, principalmente, para com aqueles que necessitam e não o conhecem.

Qualquer pessoa com mais de 18 anos poderá ser um potencial dador, em particular aqueles que não contribuem para esta causa há mais de um ano.

Dê sangue. Quem mais precisa, conta consigo.