Castelo de Portuzelo acolheu praticantes estrangeiros de yoga

Esta unidade de turismo situada em Santa Marta de Portuzelo, inaugurada há pouco mais de dois meses, acaba de receber um grupo de estrangeiros que fizeram umas jornadas de prática de yoga que duraram cerca de uma semana. A nossa curiosidade em como descobriram o local, naturalmente ainda no início da sua actividade, levou-nos a uma pequena conversa com os principais responsáveis deste grupo.

 

Minho Digital (MD) - Como encontraram o Castelo?

Três  semanas antes de começarmos o nosso retiro, recebemos uma mensagem de que o nosso Centro de Retiro que se encontrava localizado na região centro do país, aqui em Portugal, tinha sido devorado pelas chamas num devastador incêndio. Mantivemo-nos tranquilos  mas o problema colocava-se na medida em que já tínhamos 13 pessoas confirmadas e necessitávamos, urgentemente, de encontrar uma novo local, o que fizemos por pesquisa na internet. Muitos lugares já estavam completos de modo que procuramos em "airbnb", mas também aí não conseguimos nada de acordo com as nossas aspirações. Não desistimos e, uns dias depois, encontramos o ‘Castelo de Portuzelo’ e logo verificámos que seria o local ideal para um retiro de transformação. Comunicámos com Ana que foi maravilhosa, deu-nos uma grande ajuda e fez da nossa estadia um encontro inesquecível. Antes de nos hospedarmos, estivemos no ‘Castelo’ onde fomos recebidos por três gerações de senhoras muito simpáticas e que nos proporcionaram uma semana de estadia muito especial, num local maravilhoso, num estreito contacto com a natureza.

 

MD – Quais são as vossas nacionalidades?

O Simon é de Inglaterra, o Mark de Malta, a Dara de Alemanha e os restantes elementos são de outras partes do mundo.

 

MD - Quantos são e quais as vossas profissões?

Somos 15 e dedicamo-nos todos a organizar retiros de yoga em vários países.

 

MD -  Quanto tempo estiveram hospedados?

Nós estivemos aqui uma semana. Se me permite, gostaria de transcrever uma mensagem que deixámos escrita no livro do ‘Castelo’: «O Castelo recebeu-nos com toda a sua glória. Descobrimos sorrisos, canções e silêncios. A nossa estadia foi magnífica , perdemo-nos pelos seus caminhos, lugares secretos nos jardins e até nadámos numa piscina maravilhosa. Os quartos proporcionaram-nos sonhos maravilhosos e doces, todo um ambiente de amor e carinho que nos envolveu. Foi uma experiência incrível que nos convida a regressar. Muito obrigado por acolherem o nosso retiro e a nós mesmos. Aqui a gente aprende a amar. Um lugar magnífico com encanto  e que nos fez desenvolver trabalhos de crescimento pessoal». Fomos, realmente, prendados. Sentimo-nos uns privilegiados perante uma experiência que nos encheu de felicidade.

 

Com a partida deste grupo, um outro está prestes a chegar. São várias famílias inglesas que se juntaram e que «procuram tranquilidade».

 

 Reportagem da inauguração do 'Castelo de Portuzelo':

 http://minhodigital.com/news/castelo-de-portuzelo

 Mensagem deixada no Livro de Honra