Casa da Juventude vai ser uma realidade em Monção

Augusto de Oliveira Domingues confirmou este objetivo da autarquia na recente visita do Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, à Associação Desportiva e Cultural dos Jovens de Longos Vales. Autarca anunciou também a reativação do Conselho Municipal da Juventude.

O autarca monçanense reafirmou a intenção de criação de uma casa da juventude no antigo quartel da Banda Musical de Monção assim que a coletividade filarmónica passe para as novas instalações que, tudo indica, serão inauguradas no dia 25 de abril do próximo ano.

As declarações de Augusto de Oliveira Domingues foram proferidas no decorrer da visita que o Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, efetuou recentemente às instalações da Associação Desportiva e Cultural dos Jovens de Longos Vales.

O autarca afirmou que a nova estrutura de apoio aos jovens monçanenses assumir-se-á como “um polo gerador de ideias criativas e multiplicador de projetos” num “espaço aberto às novas tecnologias de comunicação” e “à partilha de espaços de trabalho”.

“Os jovens são o futuro da nossa terra e do nosso país. Mais que uma opção estratégica, dar-lhes as ferramentas necessárias para a convergência das suas ideias e a alavancagem dos seus projetos é responsabilidade e obrigação de qualquer autarca”, acentuou.

Neste encontro, onde o governante teve a oportunidade de visitar a sede da Associação Desportiva e Cultural dos Jovens de Longos Vales e o Centro Interpretativo do Castro S. Caetano, Augusto de Oliveira Domingues solicitou mais apoios para o movimento associativo e anunciou a reativação do Conselho Municipal da Juventude, organismo defensor e promotor das políticas da juventude.

O Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, agradeceu a receção calorosa, sublinhou o papel da associação na valorização do associativismo juvenil e, vindo de encontro ao pedido do autarca local, referiu que o Instituto Português do Desporto e Juventude vai conhecer um aumento de verbas no orçamento para o próximo ano.

O governante assegurou ainda que os prazos de pagamento às associações serão cumpridos com maior rigor. Esclareceu: “a lei estipula que os pagamentos sejam feitos em determinadas alturas. Tem havido alguns incumprimentos que serão ultrapassados. Estou empenhado nesse objetivo para que a gestão das associações seja facilitada e previsível”

Nesta deslocação, inserida no “Roteiro do Associativismo”, o governante deslocou-se ainda aos concelhos de Valença, Paredes de Coura e Viana do Castelo. Iniciativa desenvolvida em articulação com a Federação das Associações Juvenis do Distrito de Viana do Castelo e o Instituto Português do Desporto e Juventude.

Monção

Monção