Arcos de Valdevez: preço médio de habitação por metro quadrado aumentou 69 euros em três trimestres

Os alojamentos vendidos nos Arcos de Valdevez, no segundo trimestre de 2017, foram transacionados a um preço médio de 588 euros por metro quadrado.

Segundo os dados publicados, no passado dia 31 de outubro, pelo Instituto Nacional de Estatística, os valores de venda das casas no concelho de Arcos de Valdevez são mais baixos cerca 240 euros (por metro quadrado) comparativamente aos preços praticados no restante território nacional.

No contexto regional, tendo como referência o mesmo indicador (metro quadrado), o valor mediano das vendas de alojamentos familiares nos Arcos fica por menos 16,6 euros do que o preço médio apurado no distrito de Viana do Castelo, que é de 604,6 euros (por metro quadrado).

Especificamente, no ranking distrital, Caminha (841 euros), Viana do Castelo (769 euros), Ponte de Lima (699 euros) e Monção (648 euros) são os concelhos com um valor médio de venda mais caro por metro quadrado, segundo os preços verificados no segundo trimestre do ano em curso. Valença (609 euros por metro quadrado), Arcos de Valdevez (os referidos 588 euros), Ponte da Barca (581 euros) e Vila Nova de Cerveira (571 euros), com valores aproximados, situam-se em posições intermédias. Por sua vez, Paredes de Coura (463 euros por metro quadrado) e Melgaço (277 euros) são os concelhos com os preços mais baixos no distrito de Viana do Castelo.

Habitações

Os dados estatísticos permitem, ainda, acompanhar a evolução face aos trimestres anteriores. Assim, no que aos Arcos diz respeito, antes dos anteditos 588 euros que balizaram o segundo trimestre de 2017, o preço médio de venda por metro quadrado foi de 556 euros no primeiro trimestre de 2017; 538 euros no quarto trimestre de 2016; e 519 euros no terceiro trimestre de 2016. Ou seja, no concelho arcuense, entre o final de setembro de 2016 e o final de junho de 2017, o valor médio de venda das habitações por metro quadrado aumentou 69 euros.

Globalmente, de acordo com os dados mais recentes, os municípios de Lisboa (2231 euros por metro quadrado), Cascais, Loulé e Lagos são os que apresentam os preços mais elevados de alojamentos vendidos em Portugal. Ao contrário, Figueira de Castelo Rodrigo é o concelho com os valores mais baixos (106 euros por metro quadrado).