Educação

Educação

Qualidade do Ensino / Qualidade dos Cidadãos

Jorge Melo perfil 

Jorge Melo

( Consultor de Comunicação )

 

Devido à minha experiência de vida, pediram-me que abordasse temas relacionados com a Educação.

Lembrei-me imediatamente da jornalista Claudia Wallin, autora do livro: “Um país sem excelências e mordomias”. Aí, ela compara o sistema educacional vigente na Suécia com o do Brasil, então, entendi que seria interessante estabelecer essa relação com Portugal.

Como todos sabemos, a evolução positiva de um país está dependente da qualidade de ensino dos seus cidadãos.

A Escola na Quarta Revolução Industrial

O Fórum Económico Mundial(WEF) acaba de lançar o Relatório de Capital Humano com o subtítulo "Preparando Pessoas para o Futuro do Trabalho". 

O relatório afirma que "muitos dos sistemas educativos de hoje não vão de encontro às competências necessárias para o mercado de trabalho atual". Sublinha ainda que as escolas tendem a concentrar-se principalmente no desenvolvimento das competências cognitivas das crianças em vez de promover competências como a resolução de problemas complexos, a criatividade ou a colaboração.
Tal como se pode observar na imagem, no conjunto das dez competências necessários com a chegada da Quarta Revolução Industrial, figuram nos três primeiros lugares: a resolução de problemas, o pensamento crítico e a criatividade, estas são as três habilidades mais importantes que uma criança ou jovem necessitam, de acordo com o Relatório do Futuro do Emprego.

Estudante do IPVC com projeto vencedor

Rafaela Dias, aluna finalista do curso de Ciência e Tecnologia Alimentar, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESTG-IPVC), venceu o concurso "Academia de Verão FRULACT 2017" com o projeto “Non-dairy opportunities - Kefir de Alpista”.

I Feira da Educação, Ciência e Tecnologia em Ponte de Lima 2 a 5 de fevereiro

A I Feira de Educação, Ciência e Tecnologia, a realizar entre os dias 2 e 5 de fevereiro, insere-se num programa que visa contribuir, em plena época baixa, para a dinamização da economia e para a diversificação das atividades culturais e lúdicas do concelho de Ponte de Lima. Pretende constituir-se como um espaço de divulgação de atores, projetos, equipamentos e infraestruturas locais intimamente ligadas a áreas que são determinantes no desenvolvimento de todo e qualquer ser humano, das sociedades e por conseguinte, dos territórios.

Presidente da República surpreendeu crianças do Jardim de Infância de Caminha encantadas com Oceanário

No passado dia 3 de Junho as crianças do Jardim de Infância de Caminha, junto com os professores, foram a Lisboa, concretamente ao Centro de Congressos para receber o prémio obtido na 7ª edição do projecto Kit do Mar. E, casualmente, o Presidente da Reública que se encontrava pelas imediações, abeirou-se das crinças e fez mesmo questão de ficar no 'boneco' para a posteridade.

Tal como o Minho Digital avançou, o trabalho premiado e elaborado foi inteiramente dedicado ao bacalhau, pretendendo-se alcançar vários objectivos, como seja: a anatomia do mesmo, onde seria pescado, as famílias de Caminha que tiveram a sua gente na pesca do bacalhau, entre outros aspectos.

Projeto GLOBAL SCHOOLS

Exclusão social e contrastes de desenvolvimento foram os temas escolhidos para a divulgação do projeto “GLOBAL SCHOOLS”, numa ação de sensibilização da comunidade educativa, que decorreu na Escola Básica e Secundária de Barroselas, no passado dia 14 de dezembro, levada a cabo pelas professoras responsáveis pelo projeto.
Foram expostos cartazes de apresentação do projeto, outros com ilustrações alusivas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), bem como fotografias muito expressivas e bastante elucidativas relativas aos contrastes de desenvolvimento e desigualdades a nível mundial. Para decoração, montou-se uma Árvore de Natal com estrelas contendo frases e desenhos alusivos aos problemas do mundo atual. Além disso, os alunos do 1º ciclo apresentaram uma coreografia ao som da música intitulada “Sozinho”, alertando para a problemática da pobreza e exclusão social.

2500 alunos em festa no “abraço” ao rio Vez

Os alunos adoraram o “abraço” ao rio Vez e querem repetir o gesto em 2017. A atividade, que se realizou, de forma inédita, esta quarta-feira, 1 de junho, assinalando o Dia Mundial da Criança, juntou, em ambiente de grande festa, cerca de 2500 alunos, de todo o concelho de Arcos de Valdevez.
Em dia de sol resplandecente, a Praia Fluvial da Valeta e as respetivas margens – num “abraço” unido pelos pontilhões e com o “espelho de água” a brilhar – serviram de cenário ideal para um raro momento de comunhão entre os seres mais naturais do mundo, as crianças, e a joia mais valiosa do concelho (isto na ótica de muitos), o rio Vez, que se mantém (quase) selvagem, em total respeito pelo meio.

Páginas

Subscreva RSS - Educação