Arcos de Valdevez

Homenageados os primeiros militantes socialistas de Arcos de Valdevez

No jantar de Natal que o PS-Arcos promoveu no passado dia 7 de dezembro foram homenageados os fundadores (alguns a título póstumo) da Secção Socialista de Arcos de Valdevez, nomeadamente Horácio Araújo (falecido), Manuel Lima Rodrigues, Abel Dantas de Barros (falecido), José Loureiro Vieira (falecido), Luís Alberto Barros Amorim, Manuel Sá Rodrigues (“Manecas”), Alfredo Pires (falecido), José Carlos Amorim Amaral, António Maria Amorim Amaral e Adriano Amorim Dias (falecido).

Sistelo com voto de congratulação na Assembleia da República apresentado por Emília Cerqueira

Foi aprovado por unanimidade na Assembleia da República um voto de congratulação, apresentado pela Deputada Emília Cerqueira e um grupo de deputados do PSD, pela classificação, no início deste mês de Dezembro, de Sistelo, como Monumento Nacional e Paisagem Cultural.

Desemprego nos Arcos diminuiu 23,2% em um ano

O número de desempregados no concelho de Arcos de Valdevez “caiu” mais de 23% em um ano, segundo os dados estatísticos coligidos pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional.

Fogo em casa desalojou família nos Arcos

O incêndio que deflagrou no passado dia 22 de dezembro numa habitação, em S. Bento, Arcos de Valdevez (Salvador), desalojou um casal na casa dos trinta anos e os dois filhos. Os bombeiros tiveram de usar escadas para alcançar o piso superior, mas conseguiram confinar o fogo ao andar, impedindo a propagação aos restantes compartimentos e edifícios vizinhos. Não há vítimas a lamentar.

Arcuense em revista norte-americana por fazer “comida bonita e bem apresentada”

Há cerca de um ano e meio, Rosa Silvie Neto, radicada desde 1980 nos Estados Unidos da América, trocou a contabilidade pela cozinha, uma paixão antiga que começou logo na meninice. Criou em Peabody (perto de Boston) o seu próprio negócio, Oh Jolie Catering, onde alimenta a arte de cozinhar com inspiração e imaginação.

Arcos de Valdevez: projetos para celebrar Ano Europeu do Património Cultural

A União Europeia declarou 2018 como o Ano Europeu do Património Cultural e a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez vai promover diversas iniciativas fazendo jus à relevância de esteios como o património, a História e a cultura. A comunidade escolar será convocada para dinamizar uma das três ações a seguir apresentadas.

Câmara de Arcos de Valdevez confirma corte de árvores protegidas no Mezio

Na Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez, ocorrida no passado dia 30 de novembro, a uma interpelação do deputado Álvaro Amorim (CDS), acerca das “árvores protegidas que foram cortadas no âmbito da obra do futuro Parque Biológico do Mezio”, o presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, apesar de lacónico e de não prestar grandes esclarecimentos, acabou por confirmar a notícia que o Minho Digital avançara em tempos recentes.

“Algo não está bem na democracia de Arcos de Valdevez”

A Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez, ocorrida no passado dia 30 de novembro, viu a oposição suscitar aceso debate acerca do alegado défice da democracia local. O tema, lançado em mandatos anteriores, também alimentou a última campanha autárquica.

Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez aprovou orçamento com oposição a visar “políticas de continuidade”

A maioria avassaladora que o PSD detém na Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez aprovou as grandes opções do Plano e Orçamento Municipais para 2018. Na dialética política que animou o plenário sobraram críticas da oposição à estratégia a empreender pela Câmara. Apesar disso, dos 71 membros presentes, 59 votaram a favor, cinco rejeitaram a proposta (CDS e CDU) e os restantes sete optaram pela abstenção (PS).

Taxas e impostos que vão vigorar em 2018 nos Arcos de Valdevez

Sensível a uma proposta de “adesão à realidade”, apresentada por João Carlos Simões (PS), na Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez, o presidente da Câmara aceitou introduzir uma pequena revisão à proposta de isenção do Imposto Municipal sobre a Transmissão onerosa de imóveis (IMT) nas aquisições efetuadas por jovens. Mas a medida preconizada pelo PS – aumento de três anos a cada um dos limites, tornando isentos de IMT os jovens dos 21 aos 38 anos e estabelecendo como limite a soma de idades em 76 anos – não foi colocada a votação.

Páginas

Subscreva RSS - Arcos de Valdevez